Transporte de Móveis – Desde 25 euros/hora – Camas, Sofás, Armários

Precisa de uma empresa de transporte de móveis para lhe transferirem os seus móveis para outra cidade ou outro país? O muda-te coloca à sua disposição uma lista de empresas transportadoras de móveis que realizam o transporte de móveis de norte a sul de Portugal, podendo enviar os seus móveis para qualquer cidade ou até mesmo outros países.

Mover móveis para uma nova casa é um processo complicado devido ao seu peso e à desproporcionalidade com que se encontra distribuído, o que acaba por tornar a sua mobilidade de difícil execução sendo necessário na maioria dos casos ajuda especializada para se efetuar a desmontagem da mobília para que esta consiga ser transportada.

E é nesta fase que entram as transportadoras de mobiliário que agilizam todo o processo de forma profissional atuando com técnicos especializados que tem os recursos necessários para trabalharem sobre qualquer mobília tanto na fase de transporte como na fase de desmantelamento e posterior instalação do mobiliário no novo local.

Transporte de todo o tipo de móveis

Transporte de Moveis

As transportadoras de móveis conseguem transportar qualquer género de mobiliário independentemente do seu peso ou volume, como por exemplo: camas, armários, roupeiros, sofás, estantes, secretárias entre outros…

Que géneros de empresas fazem o transporte de móveis?

O transporte de móveis têm que ser obrigatoriamente efetuado por empresas que estejam licenciadas para o transporte de mercadorias, possuindo para este efeito o alvará emitido pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes.

No entanto, nem todas as empresas de transporte de mercadorias realizam o transporte específico de móveis.

As peças de mobiliário na grande maioria dos casos exigem que se efetue a desmontagem do material no ponto de origem para que seja possível transferir o material e para que se criem condições de segurança durante o transporte.

Muitas empresas de transporte de mercadorias excluem este serviço da sua lista de trabalho por precisamente exigir a componente técnica de desmontagem e montagem, e muitas empresas não se encontram preparadas para este efeito, dedicando-se ao transporte e especializando-se em outro género de mercadorias.

Contudo, existem as empresas de mudanças que executam o transporte de bens típicos em residências e espaços comerciais, como é o caso das peças de mobiliário.

Empacotamento adequado do mobiliário

As empresas de mudanças não só estão acostumadas com o processo de desmontagem e montagem como também são especialistas em empacotar todas as peças de mobiliário da forma mais correta, protegendo obviamente o material no seu todo, e acima de tudo nas partes mais suscitáveis de sofrer dano, como as quinas dos móveis.

Fazem o empacotamento através de utensílios protetores como: plástico bolha, papel ondulado, filme extensível, fita adesiva, entre outros…

Uma técnica comum no empacotamento de móveis seja de que tipo for como: móveis de madeira, mármore, metais, ou plástico, é o uso de papel ondulado para cobrir todo o móvel e posteriormente na fase final usar o plástico bolha para finalizar.

Logo depois na carrinha que irá transportar os móveis é de vital importância que existam mantas e acolchoados de maneira a que não existam superfícies duras onde o móvel possa bater e causar qualquer tipo de dano.

Deste modo, é importante que se informe junto da transportadora de móveis e pergunte se possuem este tipo de proteção nas carrinhas.

Posso confiar nas transportadoras de móveis?

A escolha da empresa mais profissional para transportar os seus móveis cabe como é natural ao cliente, é importante notar que o preço pedido por cada empresa transportadora de móveis não representa a sua qualidade de qualquer maneira. Serviços de transporte de móveis mais baratos que a média de mercado podem ter a mesma ou maior qualidade que serviços mais caros.

Quais os preços médios das transportadoras de móveis?

Os preços do transporte de móveis podem variar bastante, em suma tudo depende do nível de trabalho e da distância percorrida entre os dois locais de transferência. Abaixo poderá ver os quatro principais fatores que mais influenciam o custo do transporte de móveis.

Quantidade de móveis a transportar. No transporte de móveis um dos fatores predominantes que mais influencia o custo do transporte é precisamente o peso total da carga. Ou seja, quanto mais pesados forem os móveis, mais caro ficará o serviço.

Quantidade de móveis a necessitar de desmontagem e conseguinte montagem. Transportar muitos móveis pequenos como possivelmente: mesas de cabeceira, cómodas, ou cadeiras, não exigem que se desmantele o material para realizar a sua transferência tornando a sua transferência muito mais barata do que se fosse necessário este tipo de serviço mais técnico.

Complexidade da desmontagem e montagem. A complexidade da desmontagem e montagem também são tidas em conta no apuramento final do orçamento para transporte de móveis. Mobiliários que sejam mais trabalhosos ou que sejam de difícil desmontagem/montagem e exijam uma maior perda de tempo serão obviamente mais caros.

Distância percorrida entre origem e destino. Apesar de colocarmos este fator em último lugar não significa que seja o que tem menor influência no preço final. Apesar de geralmente não ser tão caro quanto a desmontagem e montagem, pode no entanto ser o mais caro dos fatores que já mencionamos, basta simplesmente que a sua transferência de móveis sejam efetuada entre dois locais muito distantes como por exemplo: entre a cidade de Lisboa e a cidade do Porto. Ou ainda um transporte internacional de móveis que será obviamente ainda mais caro.

Como vemos acima, os preços do transporte de móveis podem variar bastante de serviço para serviço, podendo cada um dos fatores influenciar muito ou pouco mediante o uso que seja feito.

Na melhor das hipóteses, ou seja conseguindo um bom negócio, e num cenário em que apenas é transportado uma pequena mesa de cabeceira, que não requer desmontagem, a sua transferência custará no mínimo 25 euros por hora, isto numa mudança entre dois locais próximos num raio de 20 quilómetros.

É necessário fazer um seguro para o transporte de móveis?

Algumas pessoas poderão pensar que é preciso fazer um seguro para garantir que ficam salvaguardadas em caso de sinistro com algum mobiliário, ou seja efetuar um pagamento extra à transportadora para existir um seguro. Contudo, não é necessário.

As empresas de transporte de mercadorias são obrigadas a possuir seguro que cobre o transporte das mercadorias em questão. Neste caso específico e tendo em conta que as empresas mais dedicadas ao transporte de móveis são as empresas de mudanças, geralmente todas as empresas de mudanças possuem seguros adequados para o transporte de móveis.

Como cliente, apenas terá que pedir uma cópia da apólice de seguro à empresa que tratará do transporte de móveis.

Posteriormente a ter recebido o documento apenas terá que analisar que tipos de móveis poderão estar excluídos de proteção, e em que casos específicos poderá não existir proteção. Por exemplo, móveis embalados por clientes ao invés da empresa de transporte de móveis poderão não estar cobertos pelo serviço da seguradora. Esta é uma regra comum, por isso é preciso ter atenção.

Além disso, é importante também ver qual o valor máximo em euros da cobertura do seguro.

Transporte de móveis para Portugal

Existem empresas portuguesas de transporte de móveis que fazem este tipo de serviço a nível internacional, transportando os seus móveis de um país para outro. É possível ter como ponto de partida algum local em Portugal, ou o contrário, iniciar-se o transporte por exemplo em França e ter como destino Portugal.

O muda-te aconselha as seguintes transportadoras de móveis:

Galamas: 214 443 021

Jotatrans: 213 964 444 / 919 374 629